vírus na Argentina: eles relatam 199 novas mortes e outros 10.933 casos positivos Isso foi relatado pelo Ministério da Saúde da Nação. Com esses números, a barreira das 9.000 mortes pela doença no país foi s

 

O Ministério da Saúde da Nação informou nesta quarta-feira 199 novos óbitos e outros 10.933 casos positivos de coronavírus em todo o país. Dessa forma, a Argentina superou uma nova barreira e atingiu 9.118 mortes pela doença. Enquanto isso, 439.172 infecções já se acumularam.

Na parte da manhã, a carteira de saúde tinha confirmado 52 mortes (32 homens e 20 mulheres), das quais 34 residiam na província de Buenos Aires, seis na Cidade de Buenos Aires (CABA), cinco em Jujuy, três em Tierra del Fuego e um em Mendoza, Río Negro, Córdoba e Santa Fe.

À noite, foram acrescentados 147 mortos (87 homens e 60 mulheres), dos quais 75 pertenciam à Província, 41 à Capital Federal, seis a Jujuy e Río Negro, cinco a Entre Ríos, quatro a Córdoba, três a Mendoza, dois para Santa Fé, e uma para Salta e Santa Cruz.

A letalidade dos casos confirmados é de 2,1% e a mortalidade específica de 197 pessoas por milhão de habitantes, com média de idade dos falecidos de 72 anos.

Durante o relatório, foi apontado que, entre os pacientes com mais de 70 anos, a mortalidade gira em torno de 15%, enquanto 80% dos óbitos correspondem a pessoas com mais de 60 anos.

Das novas infecções, 6.235 foram notificadas na província de Buenos Aires, distrito mais afetado do território nacional, com 271.185 positivos, quase 62% dos casos registrados até o momento.

Por sua vez, a Cidade de Buenos Aires registrou outros 1.346 infectados e estava a um passo de 100.000 (98.345). No interior do país, houve um novo salto na curva do caso em Santa Fé (747), Córdoba (480), Mendoza (413), Tucumán (324) e Jujuy (318).

Acima das cem infecções diárias também foram localizadas Entre Ríos (188), cujo governador Gustavo Bordet testou positivo, Salta (184), Río Negro (173) e Santa Cruz (107).

Os demais casos do dia foram distribuídos entre Neuquén (91), Chaco (84), La Rioja (67), Santiago del Estero (55), Tierra del Fuego (33), San Juan (32), Chubut (28 ), San Luis (21), Corrientes (7), Formosa (1) e La Pampa (1).

As únicas províncias que não notificaram infecções nas últimas horas foram Catamarca e Misiones, que, somadas a Formosa, são os únicos distritos do país que ainda não ultrapassaram os cem infectados.

Segundo informações oficiais, foram realizados 23.115 exames nesta terça-feira e 1.300.866 exames diagnósticos para a doença desde o início do surto, o que equivale a 28.668,1 amostras por milhão de habitantes.

 

Rádio Transamérica

Facebook
Google+
Twitter

MAIS 30 DIAS

  O Governo Federal brasileiro publicou em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), a portaria Nº 456 que restringe pelo prazo de 30

LEIA MAIS
× Como posso te ajudar?