Sem acordo, rodoviários mantêm paralisação do transporte coletivo

 

Os ônibus do transporte coletivo de Foz do Iguaçu seguem paralisados nesta quarta-feira (9). A greve, que teve início na manhã de ontem (8), é de adesão integral e pede pela renovação do acordo coletivo de trabalho (SCT), recebimento de parte dos salários atrasados dos motoristas e cobradores, e recebimento de tíquetes de alimentação pendentes.

Os trabalhadores rodoviários se reuniram na tarde de terça-feira, na sede do sindicato da categoria, e decidiram manter as reivindicações. Para auxiliar os trabalhadores, os veículos voltaram a rodar entre as 17h30 e 19h, mas o atendimento à população foi interrompido novamente após este intervalo e deve permanecer durante todo o dia de hoje.

Ao final da tarde desta quarta-feira uma nova reunião deve ocorrer na sede do Sitrofi para decidir as próximas ações e se haverá oferta parcial de veículos em horários de pico.

O Consórcio Sorriso não se posicionou até o momento sobre a greve. As empresas de ônibus afirmam que houve redução do número de passageiros e que por isso estariam passando por problemas financeiros.

Foztrans libera o uso de dinheiro para pagamento de passagens

O Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu (FozTrans) informou que foi revogado, nesta terça-feira (8), o decreto que obriga o pagamento somente por bilhete eletrônico no transporte coletivo, possibilitando, também, o dinheiro em espécie, desde que observadas as medidas sanitárias vigentes.

 

 

GDia

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?