Secretaria de Saúde de Foz mantém aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19

 

A Secretaria de Saúde de Foz do Iguaçu segue aplicando a segunda dose da vacina contra a Covid-19 em idosos e profissionais da saúde. A orientação é que as pessoas confiram a data de retorno anotada na carteira de vacinação e compareçam ao local onde receberam a primeira dose. Não é necessário o agendamento.

A maioria das segundas doses está sendo aplicada na sede Vigilância em Saúde, na Vila Iolanda, mas, a partir do próximo mês, as unidades de saúde também receberão os idosos para completar a imunização. A Vigilância em Saúde funciona de segunda a sábado, das 8h às 17 horas.

Tanto a Coronavac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech e produzida no Brasil pelo Instituto Butantan, quanto a AstraZeneca/Oxford devem ser ministradas em duas doses. A Coronavac com intervalo de 25 dias e a AstraZeneca com intervalo de 84 dias. Mesmo com o esquema vacinal completo (duas doses) contra o coronavírus, devem ser mantidos os cuidados referentes à prevenção da doença.

Vacinação

Nesta terça-feira (30), a Secretaria de Saúde segue aplicando pouco mais de 100 doses para os idosos com mais de 65 anos e, assim que chegarem novas doses, o cadastro on-line será reaberto no site da Prefeitura. “O município retomará a vacinação para este público (com mais de 65 anos) e deverá ampliar a faixa etária dos idosos conforme o recebimento de novas doses. A previsão, conforme anunciado pelo Governo do Estado, é que novas doses sejam entregues ainda esta semana”, disse a secretária de saúde, Rosa Maria Jeronymo.

Foz do Iguaçu já recebeu 33.346 doses dos imunizantes e aplicou 32.157. Deste total, 26.092 pessoas receberam a primeira dose e 6.065 já receberam a segunda dose. No último final de semana, mais de 4,7 mil idosos com mais de 65 anos foram vacinados.

Paraná

O Estado ultrapassou, na manhã desta terça-feira (30), a marca de 1 milhão de paranaenses que já receberam o imunizante. Até as 10 horas, 1.001.224 pessoas tinham recebido a primeira dose da vacina. Dessas, 221.792 receberam também a segunda dose, completando a sua imunização. Com o aumento no fluxo de produção de vacinas por parte dos laboratórios brasileiros Instituto Butantan e Fundação Oswaldo Cruz, a expectativa do Paraná é passar a receber pelo menos 300 mil novas doses por semana, acelerando a imunização.

A intenção da Secretaria Estadual de Saúde é completar a imunização de todas as pessoas com mais de 60 anos até o final de abril. Com base nesta previsão, 2.117.734 pessoas devem ser vacinadas até o próximo mês.

Etapas

Os outros grupos prioritários previstos no Plano Estadual de Vacinação, por sua vez, devem receber pelo menos uma dose do imunizante até maio. Após os idosos, o plano prevê a imunização de pessoas com comorbidades, pessoas com deficiências permanente grave, pessoas em situação de rua, população privada de liberdade, caminhoneiros, forças de segurança e salvamento, forças armadas e trabalhadores dos seguintes setores: sistema de privação de liberdade, sistema de educação básico e superior, transporte coletivo rodoviário, metroviário, ferroviário, aéreo, portuário, aquaviário e trabalhadores industriais.

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?