Projeto Um Chute Para o Futuro já distribuiu 20 toneladas de alimentos desde o início da pandemia

 

Apoio de voluntários e empresários foi fundamental para prestar auxílio às famílias atendidas pelo projeto.

Apesar da interrupção de boa parte das atividades multidisciplinares durante a pandemia causada pelo novo coronavírus, o projeto social Um Chute Para o Futuro não deixou de atuar durante este período auxiliando as famílias das 240 crianças e adolescentes que participam da iniciativa no bairro Porto Belo, em Foz do Iguaçu.

Entre março e agosto, com o apoio de voluntários e empresários a ONG realizou a entrega de 900 cestas básicas, 900 kits de higiene e 600 kits de doces para integrantes da comunidade, totalizando algo próximo de R$ 100 mil. A iniciativa surgiu após um diagnóstico socioeconômico realizado junto às famílias atendidas pelo projeto, com o objetivo de entender a realidade de cada uma delas e ter um parâmetro da quantidade necessária de donativos.

O idealizador do projeto, professor Ronaldo Cleber Cáceres agradece pelas doações e destaca: “Tivemos o privilégio de receber o apoio de diversas pessoas e instituições, das quais somos extremamente gratos, pois entenderam a necessidade da ajuda nesse momento difícil que ainda estamos vivendo”.

Durante a pandemia, parte da equipe do projeto também atuou em mutirões realizados pela Secretaria de Assistência Social de Foz do Iguaçu por meio da distribuição de cestas básicas nos Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e outros equipamentos públicos do município.

Outros colaboradores seguem atuando na captação de recursos para a manutenção das despesas do local e das próprias doações, que nos próximos meses terão auxílio das campanhas “O Amor Contagia”, do Instituto Positivo, além do edital emergencial da Fundação Itaú Social e da ação “BrazilFoundation em Ação – Juntos contra a COVID-19”.

O projeto

Idealizado pelo professor Ronaldo Cleber Cáceres, desde 2005 o projeto Um Chute Para o Futuro é considerado uma referência de projeto integrador e de relevância pública e social no território, oferecendo para crianças e adolescentes do bairro Porto Belo uma série de atividades multidisciplinares no contraturno escolar.

No projeto, a inserção social é promovida pelo projeto por meio do esporte, lazer, atividades educacionais, recreativas, culturais, rodas de conversas em um ambiente saudável para crianças e jovens provenientes de famílias de baixa renda e que apresentam riscos de violação de direitos ou identificados como sendo de vulnerabilidade social.

Além das atividades realizadas, os participantes recebem café da manhã, almoço e lanche/jantar no local. A manutenção da entidade se dá através de parceria com o poder público e privado e por doações da comunidade. Para saber mais informações ou como contribuir com o projeto, acesse o site https://umchuteparaofuturo.org.br/.

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?