Prefeito de São Miguel do Iguaçu pede licença

 

A Câmara de Vereadores de São Miguel do Iguaçu vota nesta quinta-feira, 08, o pedido de licença não remunerada do prefeito Claudio Dutra, que foi protocolado na última quarta-feira.

No documento, o prefeito, que está preso desde o dia 23 de setembro, alega motivos particulares e pede licença não remunerada entre os dias 08 de outubro e 6 de novembro. De acordo com a legislação municipal, o ocupante de cargo público pode ficar até 15 dias afastado da função, prazo esse encerrado ontem.

Em Sessão Extraordinária, os vereadores votam nesta quinta se aceitam ou não o pedido de Claudio Dutra. Se aceitarem, ele apenas estará licenciado. Se não aceitarem, serão adotadas medidas jurídicas/administrativas quanto a situação do prefeito, com um provável processo administrativo.

Independente da decisão dos vereadores, o vice-prefeito Albino Bissolotti, assume a prefeitura a partir desta quinta-feira, 08, pelo menos até o dia 06 de novembro.

Vale lembrar que o prefeito foi preso preventivamente durante a operação ‘Viação Fantasma’, e ontem, mesmo preso na Penitenciária Estadual I (PEFI), teve cumprido outro mandado de prisão preventiva, este relacionado a operação ‘Apocalipse’.

 

 

Fonte: Gerson Kaiser/Costa Oeste News
Rádio Cultura

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?