Parceria da Itaipu com Nações Unidas inspira projeto EAD com a Petrobras

 

A Itaipu Binacional e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) vão promover o curso on-line “Integrando a Agenda 2030 e o ODS”. As inscrições são gratuitas e fazem parte da parceria entre a empresa e o Pnud para promoção da Agenda 2030 e dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e suas 169 metas nos municípios da região Oeste do Paraná.

As capacitações de gestores públicos e partes interessadas na região é um dos compromissos da parceria. Diante das limitações da pandemia de Covid-19, o Pnud lançou mão de outra parceria inspirada no projeto com a Itaipu, desta vez com a Petrobras, e que viabilizou a transmissão desses conteúdos no formato de educação a distância (EAD).

Além de colaboradores do Pnud e da Petrobras, as aulas contam com a participação de representantes de diversos órgãos do governo federal, tais como o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (IPEA), Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), entre outros.

“A parceria com a Petrobras é um projeto paralelo que foi desenhado a partir do projeto que desenvolvemos em conjunto com a Itaipu no Oeste do Paraná”, explica o gerente de projetos da Unidade de Desenvolvimento Humano do Pnud no Brasil, Gabriel Vettorazzo. “Esse curso é aberto a todos que pretendem entender um pouco mais sobre a agenda de desenvolvimento sustentável, foi uma das formas que encontramos de manter os municípios engajados”.

Para o diretor de coordenação da Itaipu, general Luiz Felipe Carbonell, o apoio da empresa à adoção da Agenda 2030 reflete o compromisso da empresa com o desenvolvimento sustentável de sua área de influência.

“Para a Itaipu, a preservação dos ecossistemas, a boa qualidade de vida nos municípios e a produção agrícola sustentável, entre outros fatores, refletem na segurança hídrica do reservatório, assegurando a produção de energia no longo prazo. E a Agenda 2030 é uma forma dos municípios contribuírem com a gestão da sustentabilidade nesse território”, afirma Carbonell.

Para participar do curso “Integrando a Agenda 2030 e os ODS”, basta fazer a inscrição neste link: http://bit.ly/cursoagenda2030 (as inscrições podem ser feitas até 6 de setembro e os inscritos receberão por e-mail os dados de acesso ao curso, que terá início no dia 14 de setembro, com prazo para conclusão até 15 de novembro).

Desde 2019, mais de duas mil pessoas, das cinco regiões do Brasil, já participaram desse curso. O primeiro módulo apresenta os principais conceitos de desenvolvimento sustentável; o segundo, os conteúdos e ações sobre o planejamento local para a implementação das metas da Agenda 2030, com exemplos práticos no Brasil; o terceiro aborda mecanismos e práticas internacionais, nacionais e locais para promover o conhecimento sobre o monitoramento da Agenda 2030, com foco em dados e indicadores; e, por fim, no último módulo, os alunos terão informações sobre o processo de formação de parcerias para o alcance do desenvolvimento sustentável.

Todo o conteúdo do curso é apresentado por meio de diferentes meios, como vídeos interativos, animações, gráficos e entrevistas. O material de apoio inclui documentos oficiais, vídeos sobre a Agenda 2030 e indicação de leituras. O curso tem duração aproximada de 12 horas e os alunos e alunas que completarem receberão certificados.

Outras atividades

Além do curso, a parceria Oeste 2030 entre a Itaipu e o Pnud está promovendo uma série de webinars que fazem parte dos compromissos assumidos entre as duas instituições. Os próximos webinars vão abordar: Agenda de Atuação Conjunta Regional do Oeste do Paraná e os desafios impostos pela Pandemia;  e o novo Atlas do desenvolvimento humano e o monitoramento do impacto da Covid-19.

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?