MUDANÇAS NA FRONTEIRA COM A ARGENTINA

 

Careaga reuniu-se com referentes da cooperativa UNICOOP e se auto convocou, que levantaram a situação sofrida na travessia da fronteira, principalmente na temporada. “Temos projetos para avançar juntos e que o polo de fronteira e seus controles são uma ferramenta valiosa para trabalhar. Você tem que resolver os velhos problemas que eles têm e pode trabalhar em paz “, disse ele a LaVozDeCataratas.

“Embora os projetos sejam desenhados, devemos colocá-los em prática acompanhando-os para que se concretizem, agora com a pandemia devemos baixar as obras para que beneficiem também a mão de obra local”, acrescentou.

Entre as obras, está prevista a reforma de vasos sanitários. O reforço dos acostamentos e a transformação das entradas e saídas, “arrumam as caixas a 45º”, e constroem uma cerca perimetral na zona de comércio exterior com portões para segurança do imóvel.

Enquanto isso, Daniel Bernal, da cooperativa UNICOOP, disse que “os projetos são muito benéficos para todos, não só para o turismo. Ele nos deixou a cargo do “pipe”, do funcionamento da barreira para táxis e remises. Ficaremos agora encarregados da disposição e operação quando a passagem for liberada novamente. ”

Além disso, está prevista a construção de um posto de saúde para atendimento público, com médicos e ambulância disponíveis.

 

 

LaVozDecataratas

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?