LIVE COM EGRESSOS MARCA COMEMORAÇÕES DOS 10 ANOS DA UNILA

 

Conversa será transmitida na segunda-feira (17), às 19h, no canal da Universidade no YouTube

Para comemorar os 10 anos do início de suas atividades, a UNILA promove, na próxima segunda-feira (17), uma live com alguns profissionais formados nos cursos de graduação. A atividade terá início às 19h e será transmitida no canal da UNILA no YouTube.

O objetivo do painel é resgatar algumas lembranças dos primeiros anos da instituição, além de mostrar a trajetória de seus ex-alunos. Já está confirmada a participação da economista Natália Lorena Acosta Burgos, que é consultora técnica do Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (PNUD) no Paraguai; da mediadora cultural Izabela Fernandes de Souza, arte-educadora e produtora cultural; e do biólogo Richard Wilander Lambrecht, que atualmente faz doutorado no Instituto de Limnologia da Universidade de Konstanz, na Alemanha. Também irão participar a cientista política e socióloga Rosilene Xavier dos Santos, palestrante e oficineira sobre educação e relações étnico-raciais; o internacionalista Alexandre Andreata, diretor executivo do Parlamento do Mercosul (Parlasul); e a engenheira civil Ivaenia Giacomini, que atua em uma empresa de construção do setor elétrico no Paraguai.

Todos os convidados são egressos das primeiras turmas dos cursos de graduação da UNILA. “Eles representam os mais de mil alunos que já se formaram em nossa instituição. É um motivo de muita satisfação ter esse contato com nossos egressos e saber que a UNILA pode contribuir para uma formação de qualidade técnica, humanística e cidadã”, reforçou o reitor Gleisson Brito.

Durante a live, também será lançado oficialmente o vídeo institucional dos 10 anos da UNILA, com uma homenagem para todos os alunos, docentes e técnico-administrativos que fizeram parte da história da Universidade.

Uma década de trajetória

Oficialmente, a UNILA foi criada em 12 de janeiro de 2010, quando foi assinada a Lei nº 12.189. Porém, foi em 16 de agosto de 2010 que começaram as aulas na instituição. Com seis cursos de graduação, a UNILA recebeu, em 2010, 213 estudantes de sete estados do Brasil e também do Paraguai, da Argentina e do Uruguai. A instituição nasceu com a proposta de contribuir para a integração latino-americana por meio da educação superior, mas também com um forte compromisso de auxiliar no desenvolvimento de Foz do Iguaçu e do Oeste do Paraná.

Atualmente, a UNILA conta com 29 cursos de graduação, 12 cursos de mestrado e um doutorado, em diversas áreas do conhecimento. O corpo discente já ultrapassa os 5 mil alunos. E, embora a UNILA tenha uma grande comunidade internacional – hoje, são 32 nacionalidades representadas –, ela também é conhecida como a universidade federal dos iguaçuenses. Atualmente, a maior parte dos estudantes – cerca de 2.400 – é de Foz do Iguaçu e do Oeste do Paraná.

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?