FRONTEIRA COM A ARGENTINA DEVE PERMANECER FECHADA

 

A exemplo do que ocorreu no Paraguai nesta semana, os argentinos, em Puerto Iguazú, na fronteira com Foz, foram as ruas para pedir a reabertura da Ponte da Fraternidade (Ponte Tancredo Neves) e a reativação do turismo na tríplice fronteira. Porém, ainda na manhã desta quinta-feira, 24, o governo reafirmou que não pretende reabrir a Ponte.

Em nota, o governador da Província de Missiones (estado a qual pertence Puerto Iguazú) Oscar Herrera Ahuad ratificou que por hora não há planejamento para a reabertura das fronteiras. “Nenhum dos países demonstrou que a incidência de casos está caindo. Pelo contrário, está aumentando a proporção de casos e o número de internações” justificou o governador.

“Não se trata de não ter casos. Trata-se de ter um sistema sanitário capaz de responder a maior exigência que possa ter a pandemia na região” argumentou Ahuad. “Com leitos (de hospital para Covid-19) em estado crítico, abrirmos a fronteira agora, vai ser muito complexo para a província (estado)” disse.

 

 

Fonte: Rádio Iguazú

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?