Festival das Cataratas tem nova data e dois eventos complementares serão on-line

 

Aplicativo de microrrede social para turistas venceu a maratona. Três melhores terão acesso à pré-incubação no PTI-BR

A Destyn, uma plataforma virtual para viajantes independentes, foi o projeto vencedor do Hackatour Cataratas 2020. A maratona tem como foco o desenvolvimento de soluções, inovações e tecnologias para o turismo, e faz parte da programação complementar do Festival das Cataratas.

Neste ano, o evento foi realizado totalmente on-line sob a organização da De Angeli Eventos e Empreendimentos e do Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR), com a parceria estratégica do Sebrae, UniAmérica e Governo do Paraná.

Em segundo lugar ficaram os criadores da plataforma Snap Packing, uma plataforma que permite que você encontre parceiros de viagem com interesse em viajar para os mesmos destinos e nas mesmas datas, reduzindo os custos da viagem. Na terceira posição ficaram os mentores do Businesstrip, um aplicativo que busca reunir todas as informações e ferramentas para uma viagem corporativa, como agenda, cartão de visitas e credenciais, facilitando a vida do viajante e da empresa como um todo.

O idealizador do Festival das Cataratas e diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento do Turismo, Cultura, Esporte e Meio Ambiente (IDESTUR), Paulo Angeli, destacou que todos os 78 inscritos “já fazem parte da história do turismo, essa atividade econômica tão carente de tecnologias e inovações”. Ele ainda anunciou que as equipes poderão apresentar as suas soluções no Salão de Investidores do Festival das Cataratas. O evento presencial está programado para os dias 2, 3 e 4 de dezembro, em Foz do Iguaçu.
Para Flaviano da Costa Masnik, diiretor administrativo-financeiro do PTI-BR, a experiência foi válida para todos. “O network e as mentorias podem auxiliar nessa ou em outras ideias que venham a surgir. Tudo isso pode contribuir positivamente no turismo da cidade e para que o nosso visitante permaneça mais tempo e se sinta mais acolhido”, disse.

A gestora de Turismo da Região Oeste do Sebrae-PR, Camila Giacomelli. Pontuou que os projetos criados na maratona podem trazer benefícios para o desenvolvimento sustentável da região. “Os turistas vão gostar mais desse destino pela sua interação e experiência, e isso pode aumentar a quantidade de gastos, o tempo de estadia, e isso tem um impacto grande na economia local”.

Os três melhores projetos já estão automaticamente selecionados para o processo de pré-incubação oferecido pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR). As três melhores equipes da maratona também têm direito a 10 horas de consultoria e imersão juntamente ao Sebrae Paraná. Os dois melhores premiações em dinheiro (R$ 3 mil para os vencedores e R$ 2 mil para os vice-campeões).

Para ajudar as equipes no processo de transformação das ideias em negócios, o Hackatour Cataratas 2020 contou com um time de 30 mentores especialistas em áreas como marketing, turismo, gastronomia, programação, designer, engenharia e negócios, entre outras.

 

 

Festival das Cataratas
Hackatour – 7, 8 e 9 de agosto – on-line
Fórum Internacional de Turismo do Iguassu – 9, 10 e 11 de setembro – on-line
Feira de Turismo e Negócios – 2, 3 e 4 de dezembro – presencial

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?