Eleitores com deficiência podem transferir para outra seção até 1° de outubro

 

 

No momento da inscrição eleitoral o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida é alocado em seção especial. Essas seções ficam logo na entrada, no andar de baixo do local de votação e com rampas de acesso, se necessário.

Ocorre que alguns eleitores podem ter sofrido algum acidente ou moléstia que dificulte a sua mobilidade, depois ter feito o título. Por isso, a Justiça Eleitoral faz um alerta para esses eleitores que ainda não estão em seções especiais, para que informem suas necessidades e solicitem a transferência para uma seção especial até esta quinta-feira, dia 1° de outubro.

Para isto, basta mandar um e-mail para a Central de Atendimento ao Eleitor cae011@tre-pr.jus.br informando esta necessidade e anexar o requerimento preenchido e documentos pessoais: uma selfie segurando o RG, uma foto do RG frente e verso e informar um telefone para contato. Dúvidas, podem ser esclarecidas pelos telefones 3522-2855, 3522-3064 ou 3522-3142 (o requerimento encontra-se no site do TRE www.tre-pr.jus.br ou pode ser solicitado por e-mail – anexado aqui)

A Justiça Eleitoral aproveita para informar que as urnas eletrônicas têm o alfabeto em braile e sistema de áudio, possibilitando que o eleitor use fone de ouvido, se for necessário. Neste período estão sendo feitas vistorias nos locais de votação e providenciado treinamento das equipes dos trabalhos eleitorais, dos voluntários que contribuem com seu trabalho para que o eleitor possa exercer o seu voto, de maneira respeitosa, igualitária e humanizada.

Em cada local haverá o voluntário, coordenador de acessibilidade, para orientar o eleitor que, no dia da eleição, poderá ser acompanhado por cão-guia e/ou pessoa de sua confiança, para exercer o direito de votar.

 

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?