Confusão em Aplicativo

Na noite de ontem, um motorista de aplicativo fez um vídeo mostrando um homem que se dizia ser do Foztrans. O homem se recusou a usar cinto de segurança e não pagou a corrida.

Ele fez uma ligação durante a corrida para outra pessoa que também disse pertencer ao Instituto de Trânsito, e ameaçou o motorista. No entanto, o Diretor Superintendente do Foztrans, Fernando Maraninchi, negou que o homem fosse servidor do Instituto. Maraninchi também afirmou que a outra pessoa no telefone não é nenhum dos funcionários do Instituto.

Fernando afirmou que o homem é empresário em Foz. Dessa forma, o motorista registrou Boletim de Ocorrência contra o passageiro, que deve responder por falsidade ideológica.

“Acompanhei o motorista na delegacia, ele é um motorista regular, é registrado, tem autorização para trafegar. O que se sabe é que esse homem é empresário na cidade, já teve várias empresas, vários negócios. É conhecido da Polícia Civil, tem uma ficha não muito honrada. A polícia ouviu o motorista e vai chamar esse cidadão para ouvi-lo. Ele poderá ser indiciado por falsidade ideológica” disse Fernando.

 

Rádio Cultura

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?