Central do Empreendedor começa a funcionar em Foz

 

 

Nova estrutura, localizada no prédio da ACIFI, vai concentrar serviços da Casa do Empreendedor, Escritório de Contas Públicas, Resgate Empresarial e serviços de licenças empresariais de várias secretarias

 

Começou a funcionar hoje (05) a Central do Empreendedor, no Centro Integrado de Desenvolvimento Regional, na ACIFI. O espaço vai disponibilizar serviços da Casa do Empreendedor, que funcionava na Avenida Brasil, além do Escritório de Compras Públicas, Resgate Empresarial, Junta Comercial do Paraná e serviços de licenças empresariais das secretarias municipais da Fazenda, Meio Ambiente e da Vigilância Sanitária, para empreendedores de todos os portes.

“Na prática, todos os serviços relacionados à abertura e regularização de empresas estarão disponíveis na central, um espaço mais amplo e de fácil acesso ao empreendedor”, disse a Secretária da Fazenda, Salete Horst. A estrutura da Central está projetada para atender demandas de empreendedores, microempresários, informais, entre outros.

“A ideia é facilitar a vida de quem quer empreender no município, ofertando os serviços em um só local. Isso evita que a pessoa tenha que ir a lugares distintos e possa encontrar a solução da sua demanda de forma mais rápida” afirma o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla.

Outra novidade é que todos os procedimentos de requerimentos dos serviços públicos empresariais também poderão ser feitos de forma digital/virtual, ou seja, o empreendedor ou o contador poderão fazer as solicitações de forma remota e eletrônica. A projeção é atender mais de 10 mil empresas por ano.

Escritório de Compras
A Central do Empreendedor irá abrigar o Escritório de Compras Públicas que fornece serviço de orientação ao empreendedor sobre como participar de licitações e aquisições de compradores públicos e governamentais.

Resgate Empresarial
O serviço do Resgate Empresarial também fará parte da Central do Empreendedor, dedicado a apoiar e orientar empresas que se formalizaram, mas não estão regulares na Prefeitura Municipal. É uma forma de apoio para viabilizar as empresas que encontram dificuldades para se fortalecer. Outros serviços, como atendimento da Junta Comercial do Paraná, parcerias com instituições financeiras e instituições empresariais também serão ofertados na Central do Empreendedor.

“A ideia é que o empreendedor tenha acesso a todas as informações antes de abrir sua empresa e não tenha surpresas no decorrer do processo. Com a empresa já em funcionamento o empreendedor poderá ter apoio para que sua empresa prospere e se fortaleça em nosso município”, destaca o consultor do Sebrae, Marcelo Padilha.
O horário de atendimento da Central do Empreendedor é das 8h às 17h30, de segunda à sexta. O novo espaço está localizado na Rua Padre Montoya, 490.

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?