CATARATAS NA ARGENTINA

 

A partir de hoje, 20 de agosto, foi publicado no Diário Oficial da União: “O“ distanciamento social, preventivo e obrigatório ”estava dispensado para o desenvolvimento da atividade turística no Parque Nacional do Iguaçu.“ Podem ingressar no máximo 500 pessoas, podendo ser 200 de Iguaçu e 300 da província. Sábados e domingos das 08:00 h às 15:00 h. Podem ingressar no máximo 500 pessoas, sendo 200 de Iguaçu e 300 da província.

Turnos e acessos
Quatro turnos de 62 pessoas serão implementados aproximadamente a cada 30 minutos, um número do WhatsApp será usado para registrar o número de visitas e Informação pessoal.

As reservas serão feitas de segunda a quinta das 08:00 às 14:00 no
número 54 3757 531259 para residentes de Iguaçu.
Para o número 54 3757 531232 para missionários.

“A organização de turnos, se for o caso, e os modos de trabalho e de transporte que garantam a medidas de distanciamento e de higiene necessárias para reduzir o risco de contágio da COVID-19
deve ser garantida. Os movimentos das pessoas atingidas devem ser limitadas ao estritamente cumprimento das atividades aqui excetuadas ”

Os proprietários ou gestores dos locais onde são executadas as tarefas autorizadas devem garantir as condições de higiene, segurança e transferência estabelecidas pela jurisdição para preservar a saúde dos seus trabalhadores e dos seus trabalhadores, e que estes cheguem ao local de trabalho sem a utilização do serviço de transporte público de passageiros; da mesma forma, as pessoas que frequentam os referidos parques devem fazê-lo sem utilizar o serviço de transporte público de passageiros.

“A ADMINISTRAÇÃO DOS PARQUES NACIONAIS expedirá os regulamentos necessários ao desenvolvimento das atividades a que se refere o artigo 1º. O referido órgão e os Governadores das Províncias das MISSÕES e CORRIENTES poderão, gradativamente, implementá-los, suspendê-los ou retoma-los, no âmbito de a sua jurisdição territorial, no todo ou em parte, em virtude das recomendações da autoridade sanitária local e de acordo com a situação epidemiológica e sanitária. Essas decisões devem ser comunicadas ao Chefe do Gabinete de Ministros da Nação.

O Governo Misiones deve realizar, em conjunto com o MINISTÉRIO DA SAÚDE da Nação, o acompanhamento da evolução epidemiológica e das correspondentes condições sanitárias.

 

 

LaVozDeCataratas

 

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?