Campeão em 2016, futebol vai em busca do bicampeonato olímpico nos Jogos de Tóquio

Campeã em 2016, a seleção masculina de futebol vai brigar pelo bicampeonato olímpico nos Jogos Tóquio 2020. Na noite desta terça-feira, 3 (manhã no Brasil), o time fez um jogo bem disputado e equilibrado com o México e avançou com vitória por 4 a 1 nos pênaltis, após empate em 0 a 0. A disputa pelo ouro está marcada para o sábado, 7, às 20h30 do Japão (8h30 de Brasília), em Yokohama.

O Brasil criou várias chances no primeiro tempo, mas não conseguiu marcar. A defesa brasileira, pouco acionada ao longo do confronto, foi eficiente nos dois únicos lances de perigo da seleção mexicana. Aos 42 minutos, Romo recebeu dentro da área e chutou forte para defesa de Santos, que mandou para escanteio. E, na marca dos 45 minutos, Antuna pegou bola da esquerda e foi travado por Diego Carlos na hora da finalização.

O cenário mudou um pouco no segundo tempo. Com as duas equipes se postando bem na marcação, a partida ficou mais equilibrada e sem muitas chances claras de gol.

No primeiro tempo da prorrogação, as duas equipes foram cautelosas e também não criaram muitas chances para alterar o placar. O equilíbrio seguiu para o segundo tempo, e a decisão foi  para os pênaltis.

Santos defendeu a cobrança de Eduardo Aguirre, e Vásquez mandou na trave. Do lado brasileiro, Daniel Alves, Gabriel Martinelli, Bruno Guimarães e Reinier converteram para garantir a vitória brasileira por 4 a 1.

 

 

 

 

 

CBF

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?