Assembleia retira por 10 sessões projeto que trata das custas cobradas nos cartórios do Paraná

 

A Assembleia Legislativa retirou de pauta por 10 sessões o projeto de lei do Tribunal de Justiça que trata das custas cobradas nos cartórios do Paraná. Num entendimento entre a Mesa Diretora e a Liderança do Governo, será formada uma comissão com deputados e representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e da Associação dos Notários e Registradores (Anoreg). O objetivo do grupo será dirimir divergências em torno da proposta e buscar um consenso em relação ao texto.

“O momento que o Brasil enfrenta hoje é duro sob vários aspectos, inclusive do ponto de vista econômico. Todas as famílias – em maior ou menor intensidade – tiveram as finanças afetadas, num cenário que ainda vai levar um tempo para se normalizar. Por isso, com muita responsabilidade, a Assembleia retirou de pauta o projeto das custas dos cartórios. Faremos uma discussão ampla com OAB e Anoreg, sempre com transparência e na busca de consenso em prol dos mais de 11 milhões de paranaenses.

 

Esse é o nosso papel enquanto representantes legitimamente eleitos pela população”, afirmou o deputado Hussein Bakri (PSD), que é Líder do Governo na Casa.

 

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?