Operações de repressão ao contrabando e descaminho na região resultam em retenção de mercadorias na manhã de quarta

 

 

Ações fazem parte da Operação Escudo.

Durante a manhã de ontem, no dia 12/05, as equipes da Receita Federal realizaram ações de repressão ao contrabando e descaminho de mercadorias na região de São Miguel do Iguaçu e Corbélia -PR.

Por volta das 11h:30 da manhã de ontem, a Receita Federal do Brasil junto a Polícia Militar de Cascavel, efetuaram a abordagem de um ônibus no trevo de Corbélia.
Durante a fiscalização foram encontradas e retidas várias mercadorias importadas, avaliadas em cerca de R$150 mil, sem nota fiscal ou comprovante de importação regular. Dentre as mercadorias foram encontrados relógios, perfumes, carvão, vinhos e cigarros eletrônicos.

Próximo a esse horário, na praça de pedágio em São Miguel do Iguaçu, a RFB abordou um veículo onde foram encontrados vários eletrônicos, avaliados em até R$16 mil reais. Os eletrônicos estavam sendo transportados no bagageiro do carro, sem nota fiscal e acabaram sendo retidos pela RFB.

Em ambos os casos, ninguém foi preso. As mercadorias e os veículos foram encaminhadas a Receita Federal, onde serão enviadas Representações Fiscais ao Ministério Público para apuração dos ilícitos.

A Receita Federal disponibiliza telefones de contato para denúncias, de forma anônima, por meio dos números (45) 9 9152-2036 e (45) 9 9134-0100.

Essa iniciativa está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalizações atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros.

 

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?