Prefeito busca doses extras de vacina para Foz do Iguaçu

 

O prefeito Chico Brasileiro se reuniu nesta quarta-feira (05), em Brasília, com a coordenadora de Logística do Ministério da Saúde, Lenice Guimarães Araújo, e reforçou a necessidade de Foz do Iguaçu receber doses extras de vacina e insumos para os testes (RT-PCR) de coronavírus.

Chico Brasileiro reiterou que parte dos usuários do sistema municipal de saúde mora no Paraguai. Lenice Araújo dará resposta ao pleito iguaçuense na semana que vem. “Esperamos uma resposta positiva. Os testes”, disse o prefeito.

O prefeito disse que os testes RT-PCR podem ser processados devido ao convênio com a Itaipu Binacional. “Os testes podem ser agilizados graças ao convênio com a Itaipu. Os insumos vão ajudar bastante”.

O impacto de brasileiros e até paraguaios, segundo Brasileiro, que moram do lado de lá da fronteira é grande no sistema municipal de saúde. “A campanha nacional de imunização distribui as doses proporcionalmente ao número de habitantes de cada cidade. Não é o caso de Foz do Iguaçu que pode atender uma população duas vezes maior do que os 258 mil moradores da cidade”, completou.

Cerca de 100 mil brasileiros moram no departamento (estado) de Alto Paraná, fronteira do Paraguai, e tem Ciudad del Este (302 mil moradores), a segunda maior cidade do país vizinho. O impacto no atendimento no sistema de saúde pública de Foz passa de 500 mil pessoas, o que também reflete nos indicadores de saúde, no repasse de recursos pelo Ministério da Saúde e até na vacinação contra o coronavírus.

 

Impacto

Com uma população de 258 mil habitantes, Foz tem 424.507 usuários inscritos do SUS (Sistema Único de Saúde). Os números do Datasus mostram ainda que parte desse contingente usa os endereços de Foz do Iguaçu para se cadastrar no chamado cartão SUS.

Nesta quarta-feira, dois idosos que, provavelmente, moram no Paraguai foram vacinados contra a covid. Em torno de 20% a 30% dos atendimentos no Hospital Municipal Padre Germano Lauck são de pacientes fora da cidade, a maioria é de brasileiros ou paraguaios que não moram em Foz.

Chico Brasileiro defende que as autoridades sanitárias de Foz do Iguaçu e Ciudad del Este tenham uma atuação conjunta no combate ao coronavírus e outras endemias causadas pelo mosquito Aedes aegypt, como a dengue. Foz já recebeu 79.601 doses de vacinas contra a covid-19. As vacinas são repassadas, proporcionalmente, ao número de habitantes de cada cidade – em Foz do Iguaçu a quantidade não condiz com a realidade do município.

 

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?