Ação integrada recolhe cerca de duas toneladas de lixo às margens dos Rios Iguaçu e Paraná

 

A diversão do final de semana de alguns, virou o trabalho da segunda-feira (19) de outros. Às margens do Rio Paraná e do Rio Iguaçu, equipes da ação integrada de limpeza coordenada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Foz do Iguaçu recolheram quase duas toneladas de resíduos em menos de quatro horas. Entre o lixo estavam, principalmente, materiais de pesca, latas, garrafas, calçados, roupas e pneus.

O mutirão foi integrado pela Capitania Fluvial do Rio Paraná – Marinha que, junto com as equipes da Secretaria de Meio Ambiente, atuaram no Iate Clube Cataratas, Iate Clube Maringá, Colônia de Pescadores Z-12 e base do Nepom Polícia Federal. O Macuco Safari também foi parceiro e ocupou o trecho entre o Porto Kattamaram II e o Marco das Três Fronteiras – utilizando barco de borracha e caiaques.

Mais do que fazer a limpeza desses locais, a ação teve também o objetivo de promover a conscientização para que as pessoas que frequentam esses espaços não mais despejem materiais irregulares na encosta dos rios, por conta dos diversos prejuízos causados, afirma a secretária municipal de Meio Ambiente, Angela Meira.

Ações de limpeza

A iniciativa desta segunda-feira faz parte do cronograma de mutirões organizados pela pasta. Somente em 2021, foram recolhidas mais de 400 toneladas de lixo em locais públicos, tanto em bairros como em áreas verdes de proteção ambiental, contou Adriana Fuzetti, chefe da Divisão de Limpeza Pública.

“Monitoramos e buscamos as áreas mais críticas para que a limpeza seja feita, contudo, não podemos trabalhar sozinhos. Precisamos da contribuição de todos para que não seja só uma retirada qualquer e tenhamos que voltar dali a alguns meses para encontrar uma situação igual ou até mesmo pior”, completou Adriana.

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?