Vítimas da Covid-19 de Foz do Iguaçu são homenageadas com plantio de árvores

 

A Prefeitura de Foz do Iguaçu, por meio das secretarias de Saúde e Meio Ambiente, deu início nesta sexta-feira (26) ao projeto de plantio de árvores em homenagem às vítimas da Covid-19 do município. Seis famílias fizeram o plantio das mudas e representaram as 593 que perderam seus entes queridos para a doença. Elas colocaram uma placa com o nome da pessoa homenageada e a espécie da árvore no Parque Monjolo, no Jardim Central.

O ato foi marcado por muita emoção dos familiares e gestores públicos. “Estamos passando pelo momento mais triste da humanidade. Por conta da Covid não conseguimos nos despedir de nossos entes queridos. Este ato simbólico representa a vida dessas pessoas que se foram. Suas histórias ficarão eternizadas”, disse a secretária de saúde, Rosa Maria Jeronymo.

Além de homenagear as vítimas e ampliar as áreas de restauração florestal, o projeto tem como proposta conscientizar a população sobre a doença. “Essas árvores vão embelezar a nossa cidade, mas queremos também chamar atenção para este momento tão difícil, para que as pessoas continuem se cuidando. Todas essas pessoas que perderam a vida para a doença continuarão cuidando da nossa cidade através destas árvores”, comentou a secretária de meio ambiente, Angela Meira.

Ao todo, seis ipês foram plantados, nas cores rosa, branca, roxa e amarela. A espécie, conhecida como a flor do Brasil, pode durar cerca de 100 anos.

Homenageados

O médico Jonathan Pliacekos foi um dos homenageados. Ele morreu em novembro do ano passado, aos 75 anos. Sua esposa, Claudineia Pliacekos contou com carinho quem foi o homem que dedicou 50 anos de vida à profissão, sempre atuando com muito amor e dedicação ao próximo.

“Ele sempre gostou de ser homenageado e valorizado pelo que fazia. Tenho certeza que ele está aqui hoje, presenciando este momento tão lindo. Esta árvore lembrará a história do meu marido e quem ele foi, um homem íntegro, que amava a família e o trabalho, e que lutou fortemente para combater a pandemia”, disse, emocionada. Dr. Jonathan foi o primeiro médico a atuar na Telemedicina em Foz do Iguaçu, atendendo pacientes com suspeitas e casos positivados da doença.

O enfermeiro Roberto Doldan plantou um ipê rosa em homenagem a sua mãe, Estefânia Valiente Doldan, que morreu aos 84 anos. “A gente se sente privilegiado por homenagear a mãe, que representa mais de 500 pessoas que perderam a vida para o coronavírus. Em momento algum pensamos que passaríamos por isso. Ela era uma pessoa alegre, ativa, cheia de vida e com muitos planos. Tudo acabou por conta da Covid”.

Roberto, que é gerente da Vigilância Epidemiológica e atua no enfrentamento à pandemia, agradeceu a gestão pela homenagem. “Sou grato à prefeitura por este ato, muito lindo e que ficará para sempre na nossa memória”.

A professora Elizabeth de Oliveira Miranda também agradeceu a iniciativa e ressaltou a história do marido, o médico pediatra Valmir Pineli, que morreu em fevereiro deste ano, aos 72 anos – 49 deles dedicados à medicina. “Valmir sempre foi muito querido por todos. Muita gente nessa cidade foi paciente dele e eu fico feliz em ver este reconhecimento. Nós dois contribuímos com essa cidade, ele na saúde e eu na educação. Esta homenagem linda fará com ele renasça em nossos corações todos os dias”. Valmir deixou dois filhos e três netos.

Também foram homenageados Dael José da Silva, de 73 anos; Alberto Joaqui Bertochi, 78 anos e Eleuza Araújo de Moura, 75 anos.

Projeto

Os plantios terão continuidade todas as sextas-feiras no período da manhã, em diferentes locais da cidade. Para participar, as famílias interessadas deverão entrar em contato com a Diretoria de Arborização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente pelo WhatsApp (45) 99907-9430, para agendamento e informação de dados, os quais permitirão a criação de um mapa virtual com a localização da árvore, espécie e nome da pessoa homenageada.

O mapa já pode ser acessado pelo QRCODE presente nas placas ou no site da Prefeitura, na página da Diretoria de Arborização da Secretaria do Meio Ambiente (https://www5.pmfi.pr.gov.br/publicacao-547).

Ficará sob a responsabilidade da Secretaria de Meio Ambiente o fornecimento e a manutenção das mudas.

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?