Foz está entre os melhores municípios do país em desenvolvimento sustentável

 

Foz do Iguaçu está entre os 200 melhores municípios do país classificados no Índice de Desenvolvimento Sustentável das cidades (IDSC-BR), uma ferramenta que estimula e monitora o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU)m em diversas cidades brasileiras. O ranking é uma iniciativa do Instituto Cidades Sustentáveis e foi divulgado nesta terça-feira (23).

Ao todo, 770 municípios participaram da pesquisa. Na classificação geral, Foz do Iguaçu está na posição 124, com 61,37 pontos. A pontuação, que vai de 0 a 100, mede o progresso das cidades em relação aos 17 ODS com 169 metas até 2030 (Agenda 2030). As cidades foram selecionadas de acordo com critérios como capitais brasileiras, municípios com mais de 200 mil eleitores e signatários do Programa Cidades Sustentáveis.

“A pontuação mostra que estamos no caminho certo, do progresso, da educação de qualidade, das ações de conservação do meio ambiente, da saúde para todos, do consumo consciente, e continuaremos priorizando políticas públicas que reduzam as desigualdades sociais e promovam o bem-estar da população”, disse o prefeito Chico Brasileiro.

Entre os destaques de Foz do Iguaçu no cumprimento dos objetivos da ONU estão a produção e consumo sustentáveis, a rede de saneamento básico e população atendida com serviços de água e esgoto, população atendida com coleta domiciliar e coleta seletiva, e no acesso à energia elétrica dos domicílios.

Na educação, Foz do Iguaçu atende aos principais requisitos, com acesso à internet nas escolas, unidades de ensino com acessibilidade, qualificação dos professores, melhores pontuações no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) e Prova Brasil. Na saúde, o município também é destaque na cobertura vacinal, na redução das mortalidades materna, infantil e neonatal.

O índice tem como objetivo estabelecer os ODS como ferramenta útil e efetiva para a gestão pública e a ação política nos municípios brasileiros.

O monitoramento de indicadores permite guiar as prioridades dos governos locais de acordo com os desafios identificados a partir da análise de dados.

Estado

O Paraná tem 33 municípios entre os 200 melhores classificados e oito deste municípios figuram entre os 100 melhores colocados. De acordo com o ranking, por exemplo, 94 municípios do Paraná atingiram o ODS 7: garantir acesso à energia barata, confiável, sustentável e renovável para todos.Ao todo, 110 municípios paranaenses fazem parte do estudo. Os 100 municípios que apresentam as melhores pontuações estão nas Regiões Sul e Sudeste do País.

ODS

A Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável surgiram em 2015 como um grande pacto supranacional para o enfrentamento dos principais desafios globais. Com o propósito de promover universalmente a prosperidade econômica, o desenvolvimento social e a proteção ambiental, a Agenda 2030 trata de questões que requerem a participação ativa de todos – governos, sociedade civil e setor privado.

No entanto, o aspecto abrangente e integrado dos 17 objetivos e 169 metas, necessário para estabelecer um conjunto de ações para países com realidades muito distintas, trouxe um desafio a mais para as cidades de modo geral, no Brasil e no mundo.

Veja quais são os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

ODS 1: Erradicação da pobreza
ODS 2: Fome zero e agricultura sustentável
ODS 3: Saúde e bem-estar
ODS 4: Educação de qualidade
ODS 5: Igualdade de gênero
ODS 6: Água limpa e saneamento
ODS 7: Energia limpa e acessível
ODS 8: Trabalho decente e crescimento econômico
ODS 9: Indústria, Inovação e Infraestrutura
ODS 10: Redução das desigualdades
ODS 11: Cidades e comunidades sustentáveis
ODS 12: Consumo e produção responsáveis
ODS 13: Ação contra a mudança global do clima
ODS 14: Vida na água
ODS 15: Proteger a vida terrestre
ODS 16: Paz, justiça e instituições eficazes
ODS 17: Parcerias e meios de implementação

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?