Veículos elétricos começam a ser testados, no Bairro Itaipu A, em novembro

Muito em breve, veículos elétricos estarão circulando no Bairro Itaipu A, em fase de testes, da mesma forma que as câmeras, os semáforos e os pontos de ônibus inteligentes começaram a fazer parte do dia a dia da população dessa região desde o começo desse ano.

Isso consolida, cada vez mais, o Bairro Itaipu A como uma vitrine nacional de inovações e experimentações tecnológicas, a céu aberto, começando a atrair empresas para o município.

A Tmovi Electric Mobilidade, empresa que nasceu em Toledo (PR), está transferindo sua fábrica para Foz do Iguaçu, no Distrito Industrial do Morumbi. A empresa é uma das seis startups selecionadas pelo edital Smart Vitrine que participarão do Programa Vila A Inteligente para instalar, testar e validar suas tecnologias, no Bairro Itaipu A.

De acordo com Elias Rodrigues Melo, CEO da Tmovi Electric Mobilidade, há algumas características desses veículos elétricos: são leves, sustentáveis, silenciosos e, principalmente, tem um baixo consumo energético para descolamentos dentro dos centros urbanos.

“Nossos veículos são leves (pesam menos de 400 kg) e precisam de pouca energia para um deslocamento. Ou seja, ele ainda é mais ecológico do que outros veículos elétricos. Por ser um veículo menor, é mais fácil de estacionar”, disse Melo.

Para garantir a mobilidade, será necessário instalar alguns pontos para carregar os carros. “Nossos veículos tem o diferencial de serem carregados com tomadas comuns (110 e 220v). Não é como a maioria de outros veículos elétricos que dependem de eletropostos para serem carregados. Isso é uma grande vantagem, pois é muito mais prático para o usuário”, explicou.

O CEO da Tmovi Electric Mobilidade explicou ainda que a ideia inicial é disponibilizar veículos para o poder público e empresas. “Vamos iniciar com dois carros, mas podemos ampliar até o fim do ano para 4 carros. Se houve demanda, podemos disponibilizar ainda mais veículos”, complementou Melo.

 

Smart Vitrine

Elias Melo considera que participar do edital Smart Vitrine é uma grande oportunidade para sua empresa crescer e aprimorar novas soluções tecnológicas na área de mobilidade urbana. Isso é possível e mais otimizado em função do ambiente Sandbox, específico para experimentações.

“A oportunidade de validar nossos veículos no Programa Vila A Inteligente é muito importante. Esperamos ver a receptividade da população, divulgar nossa marca e testar essa tecnologia, principalmente a parte de controle e telemetria veicular (coleta informações de um veículo de forma remota como: velocidade, distância, localização, consumo etc)”, complementou Melo.

Para Regean Gomes, gerente do Centro de Empreendedorismo do PTI-BR e da Incubadora Santos Dumont, o Bairro Itaipu A é hoje o maior Sandbox do Brasil e esse ambiente vai começar a funcionar cada vez mais como uma plataforma de negócios, promovendo interação entre sociedade, empresas, órgãos públicos, investidores, demandantes e ofertantes de tecnologias, consolidando cada vez mais o HUB Iguassu.

“Essas empresas, com suas soluções tecnológicas sendo testadas aqui, trarão ainda mais visibilidade para o Programa Vila A Inteligente. Isso vai atrair mais startups interessadas em se instalar aqui no município. É um passo muito importante para o crescimento e a diversificação econômica de Foz”, disse Regean Gomes.

 

 

 

 

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?