Avenidas Costa e Silva e General Meira começam a ser revitalizadas ainda em 2021

A revitalização das avenidas Costa e Silva e General Meira, vias importantes que integram o corredor turístico de Foz do Iguaçu, é prioridade para iniciar ainda este ano. A informação foi adiantada neste domingo (12) pelo prefeito Chico Brasileiro. Parte dos recursos integra autorização para contratação de empréstimo de R$ 20 milhões junto à Caixa Econômica Federal, que deve sair nas próximas semanas.

“Vamos fazer o corredor de entrada da cidade, a Avenida Costa e Silva, um pedido muito importante do setor turístico”, disse Chico Brasileiro. Que completou: “E vamos também trabalhar a Avenida General Meira, um outro grande corredor turístico, até o Marco das Três Fronteiras. Nesses dois corredores turísticos, vamos trabalhar prioritariamente”.

A Avenida Costa e Silva vai passar pelas melhorias por se tratar “do principal corredor” da entrada de Foz do Iguaçu para o turismo rodoviário. A revitalização dos quatro quilômetros da avenida deve prever recomposição da malha viária, rotatórias, retornos em nível, faixas elevadas para pedestres, calçadas, ciclovias, paisagismo, iluminação e sinalização.

Próximo ao trevo das avenidas Cataratas, República Argentina e Costa e Silva estão localizados três hotéis grandes executivos e um shopping center em ampliação. As melhorias dos 4,5 quilômetros da avenida General Meira, do Boicy até o Marco das Três Fronteiras, envolvem via dupla dividida por uma ciclovia e também calçadas, nova iluminação e sinalização.

“A Avenida General Meira será um dos corredores mais importantes do turismo devido a segunda ponte, Marco das Três, roda gigante e outros atrativos que logo se instalarão na região do Porto Meira”, lembrou Chico Brasileiro.

Na região, adiantou o prefeito, já está sendo instalada a primeira roda gigante (com altura de um prédio de 30 andares) do Paraná, um complexo de lazer com vista privilegiada aos rios Iguaçu e Paraná e áreas próximas ao centro de Foz. No último feriado prolongado (de 4 a 7 de setembro), o Marco das Três Fronteiras recebeu sete mil visitantes. O setor trabalha para que o Porto Meira tenha várias opções para consolidar o destino na cidade.

 

Mais obras

O projeto de revitalização do corredor turístico inclui ainda obras na Avenida Paraná e o trecho urbano de quatro quilômetros da Avenida das Cataratas. “A Avenida das Cataratas e a Avenida Paraná ficarão para quando sair a Perimetral Leste Qualquer investimento agora o pavimento será danificado pelos caminhões que passam pela via até o porto seco. Serão feitos apenas tapa-buracos e manutenção”, disse o prefeito.

O projeto do trecho urbano de quatro quilômetros da Avenida das Cataratas, segundo Chico Brasileiro, já está pronto, mas o investimento não compensa fazer agora”. O trecho, entre a Avenida Jorge Schimmelpfeng e o trevo de acesso à Argentina, inclui a recomposição da malha viária, calçada, ciclovia, paisagismo e iluminação, além do alargamento e duplicação das pistas, rotatórias, retornos em nível e faixas elevadas para pedestres.

 

 

 

 

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?