Prefeitura e Invest Paraná debatem participação do município na Expo Dubai 2020

O prefeito de Foz do Iguaçu Chico Brasileiro participou nesta sexta-feira (13) de um encontro com representantes da Invest Paraná para debater estratégias da participação do município na Expo Dubai 2020, uma exposição universal de inovação, turismo e sustentabilidade que será realizada nos Emirados Árabes Unidos de outubro deste ano a março de 2022.

O encontro aconteceu no Hotel Viale Tower e reuniu gestores municipais, vereadores, empresários e a direção do Invest Paraná, a Agência Estadual responsável pela prospecção e atração de novos negócios.

“A participação do município neste evento mundial já vem sendo debatida pela Secretaria de Turismo, e agora a Invest Paraná nos convidou para discutir com os empresários essa participação. Queremos mostrar o potencial do Paraná e de Foz do Iguaçu para o mundo”, comentou o prefeito Chico Brasileiro. “

A Invest Paraná tem o papel de fazer essa articulação com o empresariado, para que a gente possa enxergar as possibilidades de investimento, as oportunidades que estão surgindo, tanto em termos de financiamento público como a abertura de novos segmentos no Paraná, especialmente nessa região”, completou.

José Eduardo Bekin, diretor presidente da Invest Paraná, contou que a ideia é mostrar para a sociedade e prefeitura como será o trabalho de divulgação de Foz do Iguaçu no exterior. “A ideia é mostrar para a prefeitura como vamos trabalhar a partir de outubro neste grande evento, onde levaremos a marca do Paraná. Agora, que estamos vivenciando uma melhora no setor turístico, precisamos colocar a marca do Paraná e da cidade para fora do país”, explicou.

Além de Foz do Iguaçu, outras oito cidades paranaenses terão participação no evento itinerante, que reunirá representantes de 190 países. “Estamos falando de uma feira com investidores e especialistas em turismo, eventos e marketing do mundo todo. Integrar Foz do Iguaçu nessa lista é uma garantia de que o nosso destino será visado e ainda mais reconhecido internacionalmente”, afirmou o secretário de Turismo e Projetos Estratégicos, Paulo Angeli.

A expectativa da feira é atrair milhões de visitantes de todo o mundo com o intuito de explorar inovações, ideias, avanços científicos e tecnológicos. Reunirá diversos setores, tais como: empresas privadas, ONGs e instituições governamentais, todas destinadas a discutir negócios, tecnologia, urbanismo, sustentabilidade, ciências, cultura, gastronomia e economia.

 

 

 

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?