Setor de eventos em Foz do Iguaçu entra em fase de reaquecimento econômico

O setor de eventos em Foz do Iguaçu está a cada dia mais aquecido. Segundo a Secretaria Municipal de Turismo e Projetos Estratégicos, diariamente são encaminhados uma série de pedidos para a liberação de espaços e público. Até o momento, ao menos 12 grandes eventos já estão previstos para os próximos meses na cidade.

O prefeito Chico Brasileiro destaca que esse objetivo foi conquistado com muito esforço, principalmente na busca por vacinas. Foz do Iguaçu já quase 82% da população adulta (acima dos 18 anos) com a primeira dose contra a covid – e até outubro, a previsão é de que a imunização completa chegue a 70% da população.

“Não se trata de uma liberação sem cuidados. Estamos com a vacinação avançando cada vez mais rápido e logo grande parte da população estará imunizada com a segunda dose. É um processo natural de recuperação da cidade e de um setor muito afetado. Vamos agora, com segurança, mostrar o que a nossa cidade tem de melhor”, garantiu o prefeito Chico Brasileiro.

Somente para agosto, cinco eventos estão programados em hotéis de Foz, como encontros, congressos religiosos e de negócios, como a Convenção Nacional de Vendas GiroAgro, de 16 a 20 de agosto.

“Os eventos têm um grande poder de equilibrar a balança econômica do turismo, que geralmente vive de períodos de baixa e alta temporada. Os eventos acontecem na contramão das viagens a lazer. Garantimos toda a segurança, pois essa liberação tem a regulação de profissionais capacitados”, destacou o secretário Paulo Angeli.

 

Impulso para a economia local

Grande parte dos eventos tem duração média de dois a três dias, o que a para a diretora de Promoção, Marketing e Eventos da Secretaria, Cristiane Santos, será uma alavanca essencial para a economia dos empreendimentos locais.

“Um grande benefício é que um visitante que vem para participar acaba consumindo até 30% a mais, com a vantagem de que eles geralmente solicitam nota fiscal para prestar contas das viagens ou até mesmo para controle. Isso contribui para o aumento do consumo no comércio, gastronomia e até o fisco do município”, relembra.

Cristiane ainda reforça que novos promotores buscam informações diariamente para promover encontros. As liberações chegam, geralmente, com um mês de antecedência. “Portanto, devemos ter ainda mais a anunciar e incluir na programação do município” completou.

Os novos decretos já permitem, para agosto, espaços com ocupação de até 1.000 pessoas. Em setembro, serão liberados eventos corporativos com até 1.500 participantes e sociais com até 500 pessoas. Também serão permitidos jantares de formatura com até 1.500 pessoas.

A partir de 15 de outubro serão liberados todos os eventos corporativos, independente do número de pessoas, desde que seja respeitada a capacidade máxima de 70% dos espaços.

 

Novos eventos

Para os próximos meses estão agendados eventos que devem reunir 13,7 mil pessoas. O Encontro Brasileiro do Mercado Imobiliário; o Congresso Paranaense da Faciap, além do X Business.

Para outubro está programado o Desafio Cataratas do Iguaçu, com ares de evento internacional. O município irá sediar a seletiva nacional para o Campeonato Mundial de eSports, em Cingapura.

O Governo 5.0, evento estadual entre 24 a 26 de novembro, espera quatro mil pessoas, entre prefeitos, vice-prefeitos, deputados, vereadores, secretários estaduais e municipais. O 16º Festival das Cataratas terá sua edição presencial nos dias 1º, 2 e 3 de dezembro e pretende reunir pelo menos cinco mil interessados em produtos e serviços nos diversos segmentos do turismo.

 

 

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?