Foz do Iguaçu tem semana com o menor número de casos de Covid-19 em 2021

O avanço na vacinação tem refletido forte na redução dos principais indicadores da covid-19 em Foz do Iguaçu. O município fechou esta semana com o menor número de novos casos de 2021. Entre sábado (17) e sexta-feira (23), foram contabilizados 210 testes positivados da doença – média de 30 diários.

A análise tem como critério os boletins diários da Vigilância Epidemiológica. Desde o início da pandemia, em março do ano passado, o município registrou 41.669 infectados pela covid-19. Deste total, 40.400 pessoas já estão recuperadas – mais de 96,9% do total de infectados.

No acumulado do mês, Foz do Iguaçu contabilizou 1.066 novos casos da doença – média de 46,35 por dia. Em junho, a Vigilância Epidemiológica registrou 3.354 testes positivados de covid-19 – média de 111,8 novos casos diários. No comparativo entre um mês e outro, julho registra uma queda de aproximadamente 68% dos casos.

 

Óbitos

O número de óbitos por consequência da covid-19 também vem apresentando queda bastante representativa à medida que a vacinação contra a doença avança. Nesta última semana, de sábado até esta sexta, foram oito mortes por complicações da doença. No acumulado do mês são 39 registros – média de 1,69 óbitos por dia.

Em junho, Foz do Iguaçu registrou 133 óbitos por conta do coronavírus – média de 4,43 por dia. Desde o início da pandemia, o município contabilizou 1.068 mortes por complicações da doença, com uma taxa de letalidade de 2,56% sobre o total de infectados.

A secretária municipal de Saúde, Rosa Maria Jerônymo, comentou a queda nos casos de óbitos com a aceleração da vacinação contra a covid-19. “Gente, olha que bacana poder ver a vacinação avançando e o número de óbitos caindo”, ressaltou, ao postar um quadro sobre a evolução dos casos em suas redes sociais.

“Esse gráfico representa o avanço da cobertura vacinal e a redução do número de óbitos por Covid-19”. A imagem veiculada pela secretária, mostra a curva representada por uma linha azul, da primeira dose, e a linha verde com a cobertura de segunda dose de vacina, com as colunas mostrando o número de óbitos.

“A partir de 44% da cobertura vacinal de 1ª dose se observa a queda gradativa no número de óbitos desde o dia 13/06”, ressaltou Rosa Jerônymo. Que completou: “Representando uma queda de 78% no número de óbitos nas últimas cinco semanas. #vacinasalvavidas”.

A secretária, no entanto, reforçou que é essencial manter os cuidados para manter os números da covid baixos e aguardar um avanço ainda maior da vacinação, especialmente da segunda dose. “Ainda não é momento para baixarmos a guarda. Precisamos manter aqueles cuidados que repetimos desde o início da pandemia: uso de máscaras, distanciamento social e higienização das mãos”, destacou.

 

UTIs e Enfermaria

A ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e de Enfermaria da rede de atenção aos pacientes com covid-19 em Foz do Iguaçu também tem apresentado queda com o avanço da vacinação. Nesta sexta-feira, das 70 UTIs do Hospital Padre Germano Lauck, único que atende pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e é referência regional, 52 estavam em utilização (74% do total).

No Hospital Ministro Costa Cavalcanti, das 40 camas especiais disponíveis, 10 estavam em utilização (25% do total). A ocupação das 110 UTIs disponíveis em ambos os hospitais está em 56% – 62 internados. Dos 77 leitos de Enfermaria dos dois hospitais, 36 estão em utilização – 47% do total.

Assessoria
Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?