Doses extras chegam na semana que vem, adianta Chico Brasileiro

O secretário estadual de Saúde, Beto Preto, confirmou nesta quarta-feira (14) ao prefeito Chico Brasileiro e ao deputado Hussein Bakri o envio do primeiro lote de doses extras da vacina contra o coronavírus já na semana que vem. As quatros cidades paranaenses – Foz do Iguaçu, Barracão, Guaíra e Santo Antônio do Sudoeste -, segundo o secretário, devem receber 90 mil doses e o quantitativo será entregue para Foz.

“Estamos muito próximos de uma grande vitória, muito importante para Foz do Iguaçu porque além de salvar vidas, agiliza a retomada do turismo, uma das principais força-motriz da economia da cidade. A vida normal volta em breve. Assim que a cidade receber as vacinas, já estamos com as equipes prontas, preparadas, para imunizar toda a população adulta”, disse Chico Brasileiro após a reunião com Beto Preto na Secretaria de Saúde em Curitiba. As 90 mil doses serão divididas em dois lotes com 45 mil cada – o primeiro deve chegar na próxima semana.

Chico Brasileiro, vice-presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP)para Cidades Fronteiriças, vem trabalhando para receber as doses extras desde fevereiro. Desde então, o prefeito buscou apoio do Governo do Estado e da bancada paranaense no Congresso Nacional, apresentou a demanda ao Ministério de Saúde em Brasília e defendeu o envio dos imunizantes nas reuniões online da FNP.

 

Confirmação

“Foi um grande trabalho de todos e que mostra a importância e relevância que Foz do Iguaçu tem nos governos estadual e federal. Somos uma cidade reconhecida e bem quista por todos, um dos principais centros de turismo do país. Vamos continuar trabalhando com o entusiasmo de sempre para o retorno de Foz no cenário mundial”, disse Chico Brasileiro.

O Ministério de Saúde atendeu a proposta do prefeito de Foz do Iguaçu e primeiro enviou super lote de 165 mil doses da vacina Janssen às 12 cidades fronteiriças dos Mato Grosso do Sul. Na semana passada, a FNP confirmou o envio de doses às quatro cidades paranaenses, o que foi garantido nesta terça-feira, 13, ao governador Ratinho Junior pelo ministro Marcelo Queiroga. “O apoio do governador foi fundamental para essa conquista das regiões de fronteira do Estado”, comentou o prefeito.

Foz do Iguaçu tem uma população de 258 mil moradores e ainda tem o impacto de outras 98 mil brasileiros, conforme o consulado brasileiro em Ciudad de Este. Esses brasileiros moram num raio de 100 quilômetros na fronteira paraguaia e geralmente buscam atendimento público de saúde em Foz.

 

 

 

Assessoria

 

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?