Polícia Rodoviária Federal e Detran do Paraná realizam operação Pátio Limpo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou, entre 27 de junho à 9 de julho, a Operação Pátio Limpo nos pátios do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) e em pátios conveniados, nas cidades de Curitiba, Ponta Grossa, Cascavel, Foz do Iguaçu, Londrina e Maringá, para fazer um levantamento e identificar veículos adulterados e roubados ou furtados. Participaram da capacitação, policiais militares e civis do estado.

Como forma de potencializar os resultados e ampliar a difusão do conhecimento acerca do enfrentamento às fraudes veiculares entre o efetivo participante, é que a PRF realizou oficinas práticas de identificação veicular na frota recolhida aos pátios dos órgãos de trânsito por infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Os policiais participantes da operação, entre eles 47 especialistas em identificação veicular, puderam aplicar de maneira assertiva os conhecimentos adquiridos, poupando tempo de análise e ampliando a gama de identificação de fraudes relacionadas aos veículos.

Durante os trabalhos, verificou-se, também, a oportunidade de se restituir veículos objeto de algum tipo de fraude (furto, roubo ou receptação), em um ambiente controlado, uma vez que toda a atividade de fiscalização se desenvolveu no interior de pátios dos Detrans.

A operação teve duas vertentes. Uma delas – a repressiva – teve como objetivo a recuperação e a entrega dos veículos fraudados aos legítimos proprietários ou possuidores. Já a preventiva, buscou evitar que veículos objeto de alguma fraude retornem à circulação ou tenham suas peças legalmente comercializadas através de leilões ou vendas oficiais realizadas pelos respectivos órgãos de trânsito.

Como resultado dessa estratégia, 7.886 veículos foram fiscalizados. No ranking dessa fiscalização, o estado do Pará ficou em primeiro lugar na identificação de veículos com registro de adulteração, roubo e/ou furto com 521 veículos. Em seguida vem o Amazonas com 442 ocorrências e o Paraná com 334 registros. No total, foram 1277 veículos identificados com alguma restrição; entre eles carros, motos e veículos pesados, como caminhões e ônibus.

 

 

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?