Município fará a doação de áreas para as obras da Perimetral Leste

Em reunião na manhã desta quarta-feira (30) com a coordenação do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/PR), o prefeito de Foz do Iguaçu Chico Brasileiro anunciou que as áreas pertencentes ao Município serão doadas para a realização das obras da Perimetral Leste, sem a necessidade de indenização.

As obras, que estão sendo custeadas pela Itaipu Binacional, começaram em março deste ano e devem ser concluídas no segundo semestre de 2022. A via terá 14,7 km de extensão entre a BR-277 até a Ponte da Integração, que ligará Foz do Iguaçu a Presidente Franco, no Paraguai. O DNIT é órgão responsável pela supervisão do empreendimento, gerenciado pelo Governo do Estado do Paraná por meio do Departamento de Estradas de Rodagens (DER).

“A doação das áreas será a nossa contribuição para que o trabalho avance cada vez mais. A Secretaria de Planejamento já está formalizando a documentação e levaremos a pauta para aprovação da Câmara de Vereadores” disse o prefeito. Ao todo, 11 áreas serão doadas à União, uma localizada próxima à segunda ponte e outras 10 ao longo do trajeto da perimetral. O valor das áreas é de cerca de R$ 15 milhões.

O planejamento urbano de Foz do Iguaçu e a preocupação com as vias de acesso à Perimetral também foram assuntos debatidos na reunião. “Nossa preocupação é conectar a cidade a esta grande obra. Nossa equipe técnica está apresentando propostas para melhorar as marginais com algumas vias de acesso aos bairros, pensando na mobilidade urbana e também no crescimento do turismo”, explicou Brasileiro.

O superintendente regional do DNIT/PR, José Carlos Beluzzi de Oliveira avaliou as propostas apresentadas pelos secretários de Obras, Cezar Furlan e de Planejamento, Leandro Costa, e garantiu um estudo de viabilidade. “Vamos avaliar o que é possível incorporar ao projeto e buscar soluções que atendam às necessidades do município para os próximos 20 anos”, disse. As obras da Perimetral estão avaliadas em R$ 140 milhões.

“Queremos trabalhar em conjunto para a cidade crescer e por isso a reunião foi muito produtiva para tirarmos dúvidas sobre o projeto e debater propostas”, concluiu o prefeito.

 

Presenças

Também participaram da reunião o vice-prefeito, delegado Francisco Sampaio; o procurador-geral do município, Osli Machado; o secretário da Transparência e Governança, José Elias Castro Gomes; o assessor técnico especial do gabinete do prefeito, Gabriel Machado; o coordenador de engenharia do DNIT, Hélio Gomes da Silva; o chefe do serviço de construção do DNIT, Felipe Joenck; o fiscal de convênio, Christiano Machado; e o presidente da comissão de desapropriação das obras do acesso a segunda ponte, Tiago Ceccon.

 

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?