O Cascavel FC garantiu a classificação para a semifinal da Taça Sicupura, o primeiro turno do Campeonato Paranaense. Porém, nove times ainda estão na briga pelas três vagas restantes. A sexta e última rodada será disputada toda no domingo, às 17h. Confira o que seu time precisa e o que está em jogo em cada partida:

Operário-PR x Coritiba (Germano Krüger)

Os dois times dependem das próprias forças. Quem vencer garante a vaga. Vice-líder do Grupo A, o Operário-PR tem três times na cola. Se empatar, ele terá que torcer para Toledo e Maringá não vencerem. E se o Fantasma perder, ele terá que secar Toledo, Maringá e Athletico. O Coritiba também é vice-líder em seu grupo. Se empatar, ele terá que torcer para o Cianorte não ganhar. E se perder, ele dependerá de tropeços de Cianorte, Cascavel CR e Paraná.

Londrina x Paraná Clube (Estádio do Café)

O Londrina lidera o Grupo A e precisa vencer para não depender de outros resultados. Se tropeçar, o Tubarão (oito pontos) terá que secar Operário-PR (também com oito pontos), Toledo (sete), Maringá (seis) e Athletico (cinco). Já o Paraná precisa de uma combinação complicada: o Tricolor terá que ganhar, além de torcer para o Coritiba perder e Cianorte e Cascavel CR não vencerem. Além disso, o Tricolor precisaria ultrapassar o Coxa no saldo (hoje 5 a 3) ou nos gols pró (7 a 5)

Athletico x Cianorte (Arena da Baixada)

O Athletico depende de uma combinação complicada. Além de vencer, o Furacão precisa que o Operário-PR perca e que o Toledo e o Maringá não vençam. O time de Rafael Guanaes ainda terá que ultrapassar os concorrentes no saldo (que, hoje, é de zero). O Cianorte tem um cenário mais favorável. Terá que vencer e secar o Coritiba. Além disso, um empate do Coxa obriga o Cianorte a tirar a diferença no saldo de gols – 5 a 1 à favor da equipe alviverde.

 

Athletico depende de uma vitória e uma combinação de resultados — Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Athletico depende de uma vitória e uma combinação de resultados — Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

 

Cascavel CR x Toledo (Olímpico Regional)

Os dois times precisam vencer e secar seus concorrentes, mas a tarefa dos mandantes é muito mais complicada. O Toledo depende “apenas” que o Londrina ou o Operário-PR não vença. Se os dois tropeçarem, o Toledo ainda pode assumir a liderança do Grupo A. Já o Cascavel CR terá que vencer a partida no Olímpico Regional, torcer para o Cianorte não vencer e para o Coritiba perder.

Maringá x Cascavel FC (Willie Davids)

O Cascavel FC já está classificado, mas busca a vitória para garantir a liderança do Grupo B. Se empatar ou perder, ele terá que secar o Coritiba para ficar em primeiro e decidir a semifinal em casa. Já o Maringá ocupa a quarta posição do Grupo A e precisa vencer, além de torcer para pelo menos dois destes três resultados: tropeços de Londrina, Operário-PR e Toledo. Vitórias de Tubarão e Fantasma, por exemplo, já acabam com as chances do Maringá.

Rio Branco-PR x Foz do Iguaçu (Estradinha)

O duelo dos lanternas. Rio Branco-PR e Foz do Iguaçu já não têm chances de classificação na Taça Sicupira, mas a vitória é fundamental na briga contra o rebaixamento. O lanterna Foz tem um ponto e saldo -12. Já o vice-lanterna Rio Branco-PR tem dois pontos e saldo -5. Eles tentam se aproximar do Athletico (cinco pontos) e do Paraná (seis), que são os dois times logo acima da zona da degola. Quem vencer deixa o adversário em situação complicada e aumenta a esperança.

(Globo Esporte)